2 de fevereiro de 2012

Bondage: Mais Pegada!

Amigas, já ouviram falar em bongage?
Ternura é ótimo, mais uma boa pegada é Maravilhoso, não é? Saindo de leve do quesito amor com ternura, vamos direto para o sexo, e para algumas práticas mais ousadas. Apresentando a bondage, onde quem pratica, fica toda amarrada, literalmente.

Bondage é um tipo específico de fetiche, geralmente relacionado com sadomasoquismo,sendo que, é mais prazerosa e cheia de sacanagens, onde a principal fonte de prazer consiste em amarrar e imobilizar o amado ou amada. Pode ou não envolver a prática de sexo com penetração.

Na busca pelo prazer, o casal usa vários caminhos durante o sexo. Há aqueles que tem a necessidade de experimentar algo a mais. Claro que falta coragem para muitos deles. Quando existe a vontade pode-se começar a prática, mas sem passar dos limites, pensando que sexo é sinônimo de felicidade.

Ficar amarrado ou imobilizado com algemas, cordas, fitas, gravata do paletó, cintos e muito outros materiais disponíveis, inclusive a roupa que foi rasgada no ímpeto do momento, enquanto o outro faz carícias, podendo ou não haver a penetração.

LEMBRE-SE SEMPRE QUE:

A prática do bondage é utilizada para apimentar o relacionamento, oferecendo a oportunidade de experimentar novas sensações. O bondage é um “jogo” de sedução, sensualidade, erotismo e de muito respeito, deve ser praticado com muita segurança e responsabilidade. É preciso encontrar a pessoa certa e que ambos estejam de acordo, tem que haver respeito pleno ao seus limites. É um fetiche que deve ser feito por casais com relacionamentos estáveis e que tenham respeito e confiança entre si.

Eu ainda não testei, mais estou seriamente pensando no assunto, e vocês, alguém já testou e/ou quem tem coragem?

6 comentários:

Maria Trendy disse...

Guauu que bonitas cosas para la intimidad. Muy buen postagem. Besos desde Uruguay

SHEYLA - DMULHERES disse...

Já ouvio falar , mas nunca rolou com ningúem.
bjos

Samiachan ✿ disse...

Nunca ouvi falar, achei interessante, mas deixa pra lá, me garanto com esse tipo de feitiche não! kkkk ;D

bjks
Blog Variedades & Afinidades

Anônimo disse...

Eu pratico um pouco com minha esposa. Nossa relação é recente, temos 31 e 30 anos. Eu sempre tive esse fetiche, e nela encontrei uma pessoa com quem pudesse colocar em prática, fui apresentando meu interesse e ela se abrindo à experiência, comprei um kit bondage simples num sexshop, e fomos brincando, ela adora, sempre me pede pra amarra-la e sempre estamos provando lugares diferentes e posições diferentes, e formas de amarra-la diferentes (na sala, poltronas cadeiras, em pé com as mãos pra cima, na porta, na cama no chão, e ela gosta de usar uma gargantilha como coleira também). Acredito que existam varios niveis de prática, mas eu tenho muita preocupação em não machuca-la e nem marca-la, e sempre vou devagar perguntando se ela esta se sentindo bem e se esta gostando, inclusive ela já reclamou uma vez q estava muito solta, e não tinha graça porque ela conseguia se soltar caso quisesse.. heheheh.... nossa relação é super carinhosa afetiva, romantica, cheia de declarações publicas de amor e muitas rosas vermelhas.... mesmo quem nos conhece bem não deve nem imaginar que curtimos uma pratica de bondage .... além de me excitar muito, sinto que o sexo ficou muito melhor porque passamos a confiar muito mais um no outro e nos tornamos bem mais intimos e ligados sexualmente.... recomendo a brincadeira desde que com a pessoa certa para ser prazeroso :D

subcat disse...

Muito bom esse comentario..Nos como casal tambem estamos a descobrir essa pratica que sentimos ser muito poderosa,intima,agradavel,faz-nos confiar mais dia a dia e aproxima-nos tambem cada vez mais.visitem o meu blog e comentem.

Anônimo disse...

Eu queria muito encontrar um homem que gostasse também! Sou viciada em fotos deste assunto e louca pra praticar, mas com alguém de confiança que não saia falando e falando e não me machuque de verdade.

Hotéis