Alagação no Acre

Amigas, desculpem-me, mais não dá pra ficar indiferente sobre a realidade em que meu Estado está sofrendo. As emissoras de tv, não mostram a realidade, mostram apenas pequenas reportagens e rápidas.
Graças a Deus, os nossos governantes estão se empenhando o máximo que podem. O nosso governador Tião Viana, seu Vice-governador César Messias e os Prefeitos Municipais estão se dedicando e fazendo o que estão ao alcance para tentar amenizar a situação e prevenir a perda de vidas. Parabéns!
Prometo que em breve postarei coisas positivas, muito amor, que vocês gostam de ler. E vocês se puderem divulgar os números das contas nas redes sociais, será uma grande ajuda. Esse dinheiro arrecadado irá amenizar e até solucionar os problemas de algumas famílias que perderam tudo, graças a Deus, que não perderam suas vidas.

Recurso prometido por ministros não chega à metade do necessário para reconstrução
O Governo Federal prometeu R$ 5 milhões para o Acre, para serem usados em benefícios da população afetada. Mais, os R$ 5 milhões prometidos pelo governo federal, anunciados na manhã desta sexta-feira, 24, pelos ministros Fernando Bezerra (Integração Nacional) e Aguinaldo Ribeiro (Cidades), em visita a Rio Branco, não chega à metade do estimado pelo governo e prefeitura para a reconstrução da infraestrutura na pós enchente. Como mostrou Agazeta.net, prefeitura e governo trabalham com um montante de R$ 21 milhões, somente para os próximos 50 dias.
Somente os custos da prefeitura para o auxílio aos desabrigados somam R$ 1,5 milhão. Os gastos do governo estadual superam pela quantidade de cidades que ficaram literalmente debaixo d’água, como Assis Brasil e Brasileia. Reportagem de Agazeta.net também revela o grau de comprometimento da infraestrutura urbana de Brasileia, que aos poucos começa a se recuperar com a vazante do rio Acre. Todo o centro da cidade está danificado, com prejuízos para moradores e comerciantes.
Com quase 20% da população desabrigada, Rio Branco exigirá ações mais abrangentes por parte do poder público. Todos os bairros do Segundo Distrito, mais alguns da baixada da Sobral e Habitasa estão afetados. A preocupação é com o rastro de destruição deixado com a descida do rio. O prefeito Raimundo Angelim tem alertado para os riscos de deslizamentos em bairros localizados em encostas. O comprometimento de ruas e avenidas exigirá a reconstrução, bem como da rede de distribuição de água e tratamento de esgoto.
Aguinaldo Ribeiro disse que técnicos do Ministério das Cidades já trabalham em conjunto com as equipes do governo e da prefeitura para levantar os prejuízos em infraestrutura e saneamento na capital e demais cidades afetadas.

Em Cruzeiro do Sul
O nível das águas do Rio Juruá em Cruzeiro do Sul, que chegou a 13.53 metros vem baixando desde sábado (25).
Na última medição feita pelo Corpo de Bombeiros no final da tarde de domingo (26), o nível das águas já havia baixado 25 centímetros. Nove famílias dos bairros Lagoa, Várzea e Boca do Môa continuam desabrigadas. Existem famílias em uma creche às margens do Rio Juruá, no Ginásio Polisportivo Alailton Negreiros, e as demais, em casas alugadas pela prefeitura.
O Corpo de Bombeiros continua monitorando as áreas de risco, até que o rio volte ao nível normal que é de 11 metros. As informações vindas de Marechal Thaumaturgo, município localizado no Alto Juruá, são de que por lá, o rio também apresenta vazante.

Dados:
No Estado
133.387 pessoas atingidas pela água
11.682 pessoas alojadas em abrigos públicos em todo o Estado (Em Assis Brasil e Santa Rosa do Purus, todas as famílias que estavam em abrigos públicos, já retornaram para suas casas).

Os dados para depósitos ou transferência são:
Banco do Brasil
Agência: 0071-X
Conta corrente: 100.000-4
CNPJ: 14.346.589/0001-99


Caixa Econômica Federal Agência: 3320 – Estação Experimental
Operação: 006
Conta: 71-7
CGC: 63.608.947/0002-80
Nome: Coordenação Estadual Defesa Civil


Confira os postos de arrecadação do Acre Solidário em Rio Branco:
- Supermercados Araújo (Bosque, Tangará, Aviário, 2º Distrito)
- Via Verde Shopping
- Polícia Militar
- Uninorte
- OCA
- Fieac
- Palácio das Secretarias
- Catedral Nossa Senhora de Nazaré
- Igreja Internacional da Graça
- Igreja Batista do Bosque
- Loja Gratia
- Igreja Universal do Reino de Deus Bosque – Catedral da fé
- Corpo de Bombeiro
- Biblioteca da Floresta
- Supermercado Valquerendo

Posto de arrecadação em Cruzeiro do Sul/AC
- Ginásio Polisportivo Jader Saraiva Machado
- Supermercado Super Econômico

Vamos todos colaborar e fazer a nossa parte!


Comentários

Oii Vall, é triste quando isso acontece né. A natureza revidando nosso descaso. Aqui no sul também, volta e meia entramos em estado de emergência, nessas horas é orar e contar com a ajuda de todos, a solidariedade é importante demais. Muito bacana seu post.
Beijooos pra vc... e que esse pesadelo passe logo, que tudo se resolva pra todos que são do Acre
Cléo de Lucca disse…
Parabéns pela iniciativa, ficar de braços cruzados não resolve os problemas!!!
Adorei seu blog, super seguindo...
Beijos
Cléo de Lucca
minhaamigamedisse.blogspot.com
Amigas e Afins disse…
Muito legal seu post!!
Ajudando a divulgar como ajudar o Acre!
Parabéns pela iniciativa!!

Beijos, Delne.
www.amigaseafins.com
@amigaseafins